170 ANOS FORMANDO MÚSICOS DE EXCELÊNCIA

Sacra Vox apresenta mestres dos mestres

0
0
0
s2sdefault

Depois de dois anos ausente da cena artística, o conjunto vocal de câmara Sacra Vox, sob a direção e regência de Valéria Matos, em parceria com o conjunto instrumental de musica antiga Galanteria, sob a coordenação de Patrícia Michelini, realizam, no dia 17 de novembro, às 19h, na Sala da Congregação da Escola de Música da UFRJ, o concerto MESTRES DOS MESTRES - Música coral sacra de mestres compositores da Renascença e do Barroco.

 

  Reprodução
  cursoextensao410
  CD Música Coral Sacra Contemporânea Brasileira
No título e no programa deste concerto, os conjuntos trazem à cena musical a continuidade da mesma temática que determinou a escolha das peças de dois outros concertos realizados pelo Sacra Vox, nos meses de setembro e outubro deste ano, quando o conjunto retomou suas atividades: os grandes compositores da música coral sacra dos períodos da Renascença e do Barroco, que como mestres formaram ou influenciaram outros mestres.

 

Dos períodos de onde decorre esta proposta, com a participação das solistas Michele Ramos e Helena Lopes, e as participações especiais dos docentes da Escola de Música, Alberto Pacheco e Inácio de Nonno, Sacra Vox e Galanteria apresentarão o seguinte programa: Moteto Viri Galilaei, de Giovannni Pierluigi da Palestrina que foi mestre de Tomás Luis de Victoria; Domine non sum dignus e Duo Seraphim clamabant, de Tomás Luis de Victoria; Jubilate Deo, de Orlando di Lassus que foi mestre de Giovanni Gabrielli; Hodie Completi Sunt, de Giovanni Gabrielli; Cantata O Jesu Christe e Gottes Sohn de Dietrich Buxtehude que influenciou a Johann Sebastian Bach. E de Bach, os conjuntos interpretarão a Cantata GottesZeitist die allerbesteZeit.

 

Criado em 1998 pela professora Vera Prodan, como projeto de extensão da EM, o Sacra Vox transformou o resultado das pesquisas desenvolvidas na UFRJ sobre a música sacra do universo católico brasileiro, em um processo educativo, configurado em apresentações didáticas e concertos realizados em diferentes estados do Brasil. A partir de 2006, por meio do Projeto Panorama da Música Coral Sacra Brasileira, Valéria Matos e o Sacra Vox acrescentaram ao processo educativo os registros fonográficos desse gênero musical, como uma forma a mais de tornar acessível ao público as informações relacionadas à cultura da música sacra no Brasil.

 

No CD Música Coral Sacra Brasileira nos Séculos XVIII e XIX é feito o registro das diferentes texturas daqueles períodos: música acompanhada de orquestra, músicas com acompanhamento de órgão e músicas à capela. Em função de a música sacra estar submetida, a partir de 1903, às normas emitidas pelo Papa Piu X, quando orquestras foram proibidas nos interiores das igrejas, a música tornou-se eminentemente coral e o Canto Gregoriano e a polifonia do século XVI foram tomados como modelo, o que é representado no CD Música Coral Sacra Brasileira da Primeira Metade do Século XX.

 

No CD Música Coral Sacra Contemporânea Brasileira, uma vez diluídos os princípios antagônicos que, até os anos 70 do século passado, faziam com que a música brasileira de concerto se caracterizasse pela opção entre vanguarda e tradição, nacional e universal, dentre outras dicotomias, o Sacra Vox registra obras de compositores da Escola de Música que se encontram em plena atividade. Nele, encontra-se a estética da música contemporânea brasileira que se reflete na música sacra.

 

Atualmente, Valéria Matos se dedica à pesquisa para registrar fonograficamente a música sacra brasileira da segunda metade do século XX.

dezembro   2018
DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Próximos eventos

There are no up-coming events

Correspondência

Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

+55 21 2532-4649
gabinete@musica.ufrj.br

Redes sociais